Kobayashi-san Chi no Maid Dragon

sábado, abril 22, 2017


Exibição: Inverno 2017
Episódios: 13
Nota no MAL: 8.27
Gêneros: comédia | fantasia | slice of life

Nesta temporada de inverno eu acompanhei 3 lançamentos, mas Maid Dragon foi o único que conquistou meu coração e me deixou triste por ter acabado tão rápido! A história começa quando uma trabalhadora japonesa comum fica muito bêbada depois do trabalho e decide dar uma voltinha pela floresta essas coisas de gente bêbada haha. No dia seguinte ela descobre que apesar de não se lembrar ela conheceu, ajudou e convidou uma dragão à morar na casa dela essas coisas de gente bem bêbada. Essa é a Tooru, que então aprende a conviver com os humanos e passa a demonstrar interesse amoroso pela Kobayashi.

Um pouquinho depois aparece a Kanna, uma dragãozinha que veio procurar a Tooru e acaba morando junto com elas também, a Kanna é mega fofa e começa a considerar a Kobayashi como mãe dela e com isso elas se tornam uma espécie de família lésbica super fofa hahaha


Logo mais alguns amigos da Tooru decidem se mudar para o nosso mundo e viver com outros humanos, com quem não costumam se dar bem no mundo deles que está constantemente em guerra entre a ordem e o caos. Vale ressaltar que a facção da Tooru e dos amigos é o caos btw.

O anime tem um pouco de fanservice desnecessário geralmente relacionado a Quetzalcoatl, uma deusa dragão amiga da Tooru, mas a fofura e a comédia imperam então da pra lidar bem. E eu paricularmente adorei o senso de humor da série.

Alguns dos personagens tiveram inspiração mitológica:

Quetzalcoatl - Curiosamente a fonte de todo fanservise da série é baseada em um Deus originalmente homem, vai entender. Quetzalcoatl é uma divindade mesoamericana cultuada principalmente pelos astecas e toltecas representada como uma serpente emplumada que representa a vida, vegetação abundante e alimento físico e espiritual. Uma lenda implica que ele teria sido levado a tomar uma bebida amaldiçoada e acabou praticando incesto com sua irmã uma sacerdotisa celibata. A Tooru faz referencia a isso algumas vezes no anime falando "...porque a última vez que você ficou bêbada você e sua irmã..." e é imediatamente interrompida.

Fafnir - Baseado na mitologia nórdica. Em A Saga de Volsunga, prosa de 1300, Fafnir teria sido o filho de um rei anão que matou seu pai por um tesouro e se tornou um dragão. Logo no começo do anime Tooru faz uma referencia a isso perguntando à ele como ele guarda seu tesouro ao que ele responde "mate todos eles".

Kanna - Baseada na deusa do trovão da cultura Ainu, nativos da região de Hokkaido (Japão) e algumas regiões da Russia, isso explica inclusive a estampa 'étnica' da roupa da personagem e a brincadeira dela se carregar na tomada.


Resumindo foi um ótimo anime que vai deixar saudades e eu realmente recomendo! E vocês, assistiram alguma coisa da temporada passada?

You Might Also Like

4 comentários

  1. "A história começa quando uma trabalhadora japonesa comum fica muito bêbada depois do trabalho e decide dar uma voltinha pela floresta essas coisas de gente bêbada" HAHAHAHAHA Sim, uma pessoa bebada faz isso.. !? Parece ser um animizinho legal :)

    ResponderExcluir
  2. Anime fofo com gente bêbada no meio: como não amar??? Adorei a história, quero assistir!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu li esse post, tinha certeza que tinha comentado????w To em choque????????
    Vim rapidinho avisar que te meme pra ti lá no Hishoku! <3
    http://hishoku-sora.blogspot.com.br/2017/05/meme-o-karma-ou-hinata-nao-me-respeita.html

    ResponderExcluir
  4. Eu bem que estava procurando algo novo para assistir. Talvez dê uma chance para esse, ele tem [quase] tudo que eu gosto e o traço dele é mó lindinho. Eu tava procurando tbm uns com seres diferentões sabe. Veio a calhar seu post ♥
    Pretty things

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram