Her

segunda-feira, julho 07, 2014


Essa semana assisti Her, já tinha ouvido muito bem do filme, só enrolei para assistir mesmo. Amei. O filme se passa um pouco no futuro, quando desenvolvem sistemas operacionais (OS) de inteligencia artificial, capazes de sentir e crescer com suas experiencias. O filme acompanha Theodore, personagem meio deprimido, passando por um divorcio, que acaba de comprar seu OS, Samantha.
Samantha faz ele voltar a se divertir, ela o acompanha nos momentos ordinários e ele acompanha o crescimento dela, ela descobrindo e questionando seus sentimentos, se eles podem ser reais ou só fazem parte da programação dela. A relação deles muda, passa por diversas fases, afinal, é possível ter um relacionamento com alguém que não possui corpo físico? O filme é meio paradinho, mas vale a pena.
O filme leva a mais de uma reflexão. A primeira um pouco deprimente, é que muitas pessoas nos cenários estavam focadas em seus aparelhos, a interação interpessoal no filme é mínima e a critica tem fundamento, cada vez mais as pessoas se tornam autocentradas e tem dificuldade de lidar com os sentimentos alheios.
A parte positiva é que ninguém parecia se surpreender ou julgar as relações entre pessoas e OSs, a ideia de um amor livre é realmente inspiradora. Também o fato de amar a pessoa por sua personalidade, sem relação física, sem se basear em beleza. Um amor platônico, não realizável, muito bonito.

You Might Also Like

5 comentários

  1. Esse é o único filme de Oscar que ainda não conferi, e estou louco para assistir, por diversos motivos. Acredito que a crítica que ele apresenta seja foda, sem falar na ideia do filme, que julguei muito boa, na fotografia elogiada e na voz da Johansson.

    ResponderExcluir
  2. Já vi muita gente falar de Her, mas acho que ninguém me tocou como você conseguiu ♥ Não tinha curiosidade em assistir ele até agora, mas fiquei com a pulguinha atrás da orelha, haha! Vou dar uma conferida nessas fér- quer dizer, nessa greve, hahahaha! Ótimo post, btw.
    E que layout fofo é esse? Adorei as cores novas, ficou bem bacaninha ♥
    Beijocas Kamii :*

    ResponderExcluir
  3. Quando comecei a assistir a esse filme, pensei que não gostaria nadinha da história, mas acabei sendo surpreendida positivamente! A história é delicada e fiquei o tempo todo torcendo para que houvesse uma forma da Samantha sair do meio eletrônico para viver junto de Theodore. Foi uma final agridoce, não aconteceu o que eu, romântica incorrigível queria, mas nem por isso foi menos bonito. Isso sem falar da Moon Song, coisa mais amor! Um beijo!

    ResponderExcluir
  4. Recebi muitas críticas boas sobre esse filme, tenho que ver algum dia, mas o fato do filme ser "paradinho" me desencoraja um pouco uhuehueh.

    Eu soube que a voz da Samantha é da Scarlett Johansson. Achei uma ótima escolha, a voz dela é linda <3 ela tem uma das vozes mais bonitas/sexies do cinema, já fizeram uma pesquisa sobre isso ahsaushauh'

    Abraços Kamii :3

    ResponderExcluir
  5. também amei esse filme. achei tão delicadinho. quer dizer, no modo como ele trata de um relacionamento. ok que achei meio loucura namorar uma inteligência artificial (eu não entraria nessa). mas o protagonista meio que precisava disso. apesar de que: não fica bem explicado por que ele se separou da sua esposa. e dá uma peninha, porque parece que ele ainda a ama. a samantha é uma linda. não fazia ideia de que era a voz da johansson por trás. e, olha, eu acredito em relacionamento à distância. só creio que neste caso: onde um deles não tem um corpo físico::: fica complicado. não dá pra abraçar, beijar, ver, etc. u.u.

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram