Tudo que você precisa saber sobre D.Gray-Man

quinta-feira, setembro 22, 2016


Na última temporada de animes estreou D.Gray-Man Hallow, e se você foi pego desavisado pode ter assistido alguns episódios e percebido que faltou, basicamente, muita informação. O anime é uma continuação de D.Gray-Man, que teve 103 episódios exibidos entre 2006-2008 e foi bem popular, inclusive entre os fan brasileiros e aos poucos foi sendo esquecido. Um do motivos pelo titulo ser esquecido é que a autora do manga por conta de alguma doença fez looongos hiatos na obra o último deles terminando recentemente, e por isso que um novo anime de 13 episódios pode cobrir basicamente tudo o que aconteceu de 2008 pra cá. Poucos fans conseguem ser tão pacientes assim certo? Eu tive até que reler de tantas informações que eu havia esquecido.
Perder um ente querido pode ser tão doloroso que as vezes desejamos ser capazes de ressuscita-los - uma fraqueza que o Conde do Milênio explora. Para fazer suas armas conhecidas como Akumas, ele usa a alma da pessoa morta que foi chamada de volta, uma vez que a alma é posta no corpo de Akuma está presa para sempre, obrigada a seguir as ordens do Conde. O único jeito de salva-las é exorcizando-as com uma arma Anti-Akuma, as Innocence. - Tradução livre do myanimelist

A história se passa por volta do século 19 e se desenvolve em torno de um jovem chamado Allen Walker. Quando Allen era menor ele se envolveu com um pierot chamado Mana, e quando Mana morre e se torna um Akuma por sua culpa ele descobre ser compatível com uma Innocence que destrói seu amigo, convivendo com a culpa Allen cresce e se junta a Ordem para ajudar a trazer salvação para as almas presas nos Akumas e ganhar essa guerra santa.


Allen super sedutor em D.Gray-man Hallow haha

Bem x Mau? Nem tanto...

Uma das coisas que eu mais gosto nesse anime é que a linha entre o bem e o mal é bem borrada, ao contrario do que pensamos no inicio: temos a igreja e as Innocence (ou seja inocência) que nos remetem culturalmente ao Bem e temos o Conde e seus Akumas (que traduzindo seriam demônios) que imediatamente nos remetem ao Mau.
Porem com o decorrer da história vimos que a igreja utiliza humanos em experimentos e utiliza os exorcistas como piões, as vezes até contra sua vontade, sob o pretexto de ganhar a guerra. Vemos que em sua rígida hierarquia se escondem muitos segredos. E que a própria Innocence pode trazer a morte de seu exorcista e uma grande destruição (arco do Suman Dark).
Algumas outras questões que brincam com essa dualidade é o fato de que os principais vilões são os Noah, que remetem a história da arca de Noé, em que Deus manda um diluvio para destruir a perversidade humana. Retomando o fato de que a própria moral da igreja no anime é bem questionável, não seria os Noah relacionados com a vontade de Deus? Outro fato que reforça essa teoria é o fato de que uma das evoluções dos Akumas terem a forma, mesmo que assustadora, de um anjo.
(Sempre lembrando que D.Gray-man é uma obra fictícia, ok?)


D.gray-man x D.gray-man Hallow x Manga

De maneira geral os animes são bem fieis ao manga, D.gray-man cobre dos capítulos 1 ao 157, Hallow cobre do 165 ao 207. O único arco que não é coberto, A destruição da Black Order, realmente não faz falta. Também vale lembrar que por estar em pontos diferentes da história a seriedade e complexidade de Halow é muito maior, o primeiro D.Gray-man leva uns bons 50 episódios para apresentar todo mundo e o clima começar a ficar tenso.
A mudança no traço da autora durante seus períodos sem produzir são chocantes e refletem na diferença da arte entre os animes.

Diferença do traço entre as temporadas
No geral, D.Gray-Man exige muita paciência pela quantidade de episódios, mas vai alem da maioria dos shounens quando se trata da seriedade da história e uma visão de certo e errado mais complexa. É uma grande obra e espero que o mangá termine em breve (ou um dia).

You Might Also Like

1 comentários

  1. Nossa Kamii! Te adoro, nem acredito que você curti animes ♥ E ainda faz faculdade de arquitetura? *ooo* por favor, faz um post sobre o vestibular, please, necessito.

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram