Fotografando o Parque da Juventude (ex-Carandiru) e algumas decepções

terça-feira, maio 17, 2016


Na sexta feira passada tive uma pequena viagem da disciplina de paisagismo até São Paulo, e de maneira pouco usual eu estava super ansiosa, feliz por poder me inspirar e tirar fotos! Visitamos dois parques menores (Parque Cidade Toronto e Praça das Corujas), o Parque da Juventude e por último o Vila Lobos, em que ficamos só 10 minutinhos porque já tinha virado noite, mas que eu já fui algumas vezes. Mas vou me limitar aqui a falar só do Parque da Juventude.
O parque foi construído no local da antiga prisão Carandiru, aquela conhecida pela violação dos direitos humanos e pela violência, e hoje abriga alem do parque uma biblioteca e uma ETEC de arte, pela descrição do site do município "um complexo esportivo, cultural e recreativo de 240 mil m², com uma estrutura mais do que completa."

Agora imaginem a minha surpresa quando eu, e mais uns 40 estudantes de arquitetura, estávamos em um lugar PÚBLICO, tido como cultural, e somos individualmente abordados por guardas robustos, com cassetetes, falando grosso que era proibido fotografar com câmera (só com celular)! GENTE!!! Foi a brochada do ano!
O parque em si é lindo, principalmente na parte do bosque, mas outra decepção é que os mirantes, formados por estruturas metálicas no meio das copas das arvores, estavam todos fechados. Algumas meninas disseram ter visto um cara ser roubado por garotos que em seguida pularam o muro (mas os guardas deviam estar ocupados demais com as câmeras afinal).

Em outros países as pessoas cuidam muito bem dos espaços públicos, porque elas entendem que aquilo pertence a elas, o sentimento de pertencimento é algo que discutimos muito no curso, mas parece que estamos fazendo isso errado porque o brutamontes de voz grossa deixou bem claro que não, aquilo não era meu, eu não posso tirar fotos, e falou como se eu estivesse tentando roubar uma lixeira ou algo assim.
De qualquer jeito, apesar de eu não recomendar a visita, a não ser que para um humilde piquenique e fotos para o instgram, ficam aqui algumas fotos desse lugar lindo, mas não tão público assim.




Com exceção as duas últimas fotos todas foram tiradas com o meu celular, um Moto G2, pelo menos foi um grande exercício no quesito de o que faz uma boa foto é o fotografo não a câmera. O que acharam?


You Might Also Like

9 comentários

  1. Nossa, é uma pena mesmo. Esse lugar poderia estar sendo muito melhor aproveitado. Mais triste ainda é repreender jovens de praticar a Arte da Fotografia sendo que a ideia inicial parecia ser de ser um centro recreativo. Eu mandaria esse texto para os responsaveis pelo parque e/ou ETEC/biblioteca.
    Mas tirando isso, as fotos ficaram muito boas! O olhar criativo é seu e nao do equipamento! ;)
    www.itispeculiar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Tari! É triste mesmo, me deixou tão decepcionada!

      Excluir
  2. Na verdade, tem uma lei de sampa que nenhum parque publico pode ser fotografado sem autorização, alguns parques eles até fazem 'vista grossa' mas poder, não pode não.
    Apesar disso, as suas fotos ficaram lindas mesmo com celular :D

    Um beijo,
    Quase Mineira | FB do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sampa me decepcionando :(
      Gente, fotografia é uma forma de usar o espaço, de apropriação, não podia ser assim! Coisa mais gostosa da vida viajar e fotografar!
      Até entendo quando é dentro de prédio e tal!

      Excluir
  3. oi, oi.

    poxa! que pena q tem essas proibições aí. certeza que as fotos ficariam ainda mais incríveis com uma câmera melhor.

    depois do que tu disse do roubo, acho que eu não iria, não. mesmo o lugar sendo lindo. sou cagão pra essas coisas. hahaha!

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  4. Que pena não poder fotografar com câmera, mas os guardas só estavam seguindo ordens. A violência está como está não por culpa dos guardas e sim do governo em geral.
    As fotos ficaram belíssimas mesmo sendo tiradas com o celular!


    Me chama de Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim, a violença realmente impede que vivemos bem nossas cidades, é uma pena :(

      Excluir
  5. Nunca fui em um lugar que seja proibido fotografar, mas penso comigo que dever ser muito frustante, ir em um lugar e não poder tirar fotos. Bom, pelo menos você conseguiu tirar fotografias muito liiindas!!
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  6. Que lugar lindo!! Amei demais! Agora achei altamente surreal essa das fotos... Ainda mais ser permitido com celular e proibido com câmera. Mas eim?! Poxa, isso é muito chato, em geral vou para os lugares para fotografar. Mas ficaram lindas as fotos no final!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram