Renascimentos e recomeços

sexta-feira, abril 24, 2015


Essa é minha primeira vez participando de uma blogagem coletiva do Rotaroots, a primeira vez que o tema simplesmente suplicou para mim que queria ser escrito e o mais difícil foi escolher sobre o que falar porque eu já recomecei tantas e tantas vezes. Quando eu tinha 12 anos me mudei para Itatiba, quando eu tinha 17 voltei para São Caetano mas desta vez morando com meus avós e estudando em outra cidade, com 19 eu finalmente vim para São Carlos me aventurar na faculdade e nesse começo de ano me vi brigada de vez com as meninas que moraram comigo e me fizeram companhia durante os dois últimos anos inteiros.

O penúltimo com certeza foi o mais drástico, mas por mais que seja muito difícil para algumas pessoas para mim foi simplesmente mágico. É claro que no começo não é fácil se separar da sua família, ter que conciliar os estudos e todas as coisas básicas de manter uma casa e sobreviver, coisa que em geral você não tem nem uma vaga ideia, e se ver sozinho. Por outro lado o contato que você tem com os outros, uma troca de experiências e suporte, faz com que suas relações interpessoais sejam muito mais profundas do que você já imaginou. A liberdade, a maturidade, as experiências, tudo valeu cada segundo.
O que nos leva a minha última mudança, estando numa cidade longe da sua família perder as amigas e mudar de casa pode dar medo, muito medo, se não desse certo com a minha nova colega de apartamento o que eu iria fazer? Eu tenho alguns amigos irmãos mas eu não queria morar com eles. Esse começo do ano foi super extressante para mim mas me lembro de novo que toda mudança pode vir para melhor. Só depende de você! Eu arrumei muitas novas amizades e me sinto de novo mais livre, mais eu.

Eu sei que muitas de vocês ainda vão recomeçar do zero e que isso pode dar medo, mas não deixem que o apego a vida passada te faça encarar a futura com pessimismo, lembrem-se que toda mudança tem potencial para ser maravilhosa e pode levar aos melhores anos da sua vida :)

You Might Also Like

9 comentários

  1. Eu sempre gostei de me mudar sabe, meu pai é militar então pra mim nunca foi amedrontador, sinto que sou do mundo e o mundo é meu também, que sou muito fácil de me adaptar aos lugares, mas sei também que a bem da verdade não é bem assim. Eu sou pouca das pessoas que não sentem medo com essa experiencia a bem da verdade é bem diferente.
    Gostei muito do texto.

    leuxclair.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu adorei esse tema do rota (embora ainda não saiba se vou fazer post sobre).
    Na vida a gente precisa recomeçar várias vezes, né? O legal é que em cada recomeço vem uma coisa boa, o importante é ir buscando nosso caminho de acordo com as mudanças.

    Beijos.
    Coffee, Rock & Beer

    ResponderExcluir
  3. Oi Kamii, tudo bem?
    Eu não consegui me identificar com os temas do rota esse mês :(
    Mas sou do tipo que adora mudar, as vezes mudo até o que não precisa mudar, sinistro.
    Ah, eu respondi seu comentário lá no blog, sobre o meu projeto, adorei as dicas que você me deu.
    Um beijão e até mais.

    www.queridaga.com

    ResponderExcluir
  4. Sempre bom esse recomeço, seja para fazer novas amizades, seja para nos fortalecermos. É, precisamos recomeçar também para evoluirmos como seres humanos, olhar as coisas com outros olhos, enfim, aprendermos novas coisas. Eu preciso renovar algumas coisas na minha vida, principalmente no campo profissional. bjsss

    ResponderExcluir
  5. Eu moro de medo de sair de casa, de ficar longe dos meus pais, aliás só pretende fazer isso quando eu casar HAHAHAH
    Mas que bom que você conseguiu e que essa experiência tem sido boa pra você :)

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Me vi tanto nesse seu texto. Já sai de casa várias vezes, me mudei de país, mudei de circulo de amigos, quebrei vínculos que pensava ser fortes, voltei atrás, voltei pra casa, sai de novo e por aí vai, assim é a vida... cheia de começos e recomeços. Foi muito bom ler seu texto. Um beijo!

    Eu.Nomadiando

    ResponderExcluir
  7. Aaah com certeza! <3 Eu também mudei de cidade pra fazer faculdade (dai agora desisti e só to trabalhando), valeu a pena, mas sou muito dramática. Quero voltar pra minha cidade logo hahaha D: que bom que tu tá tendo uma experiencia boa <3

    ResponderExcluir
  8. O recomeço sempre dá medo, mas acho que é uma coisa inevitável e que pode trazer muita coisa boa. O novo sempre assusta, mas sou da opinião de que se não sairmos de nossa zona de conforto nunca saberemos o nosso real potencial. E digo isso como uma pessoa totalmente apavorada com mudanças, haha, por mais contraditório que isso possa parecer! Sei que sinto medo do desconhecido, mas mesmo assim continuo me obrigando a dar a cara tapa e seguir em frente. A gente nunca sabe onde a próxima grande coisa pode estar - e debaixo das cobertas, no conforto do familiar, é que não estará. (:

    ResponderExcluir
  9. Mudar realmente sempre nos causa aquele friozinho na barriga né? Mas depois que vemos onde conseguimos chegar ao dar aquele passo, é incrível! Eu tenho vontade de mudar de estado em breve para fazer faculdade, mas ainda sinto um pouco de insegurança, mesmo assim, quero arriscar! *-* Um beijo, Yasmim Gil.
    http://cirandadeflores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Facebook

Instagram